segunda-feira, 28 de junho de 2010

Honduras: Um ano sem Zelaya

Hoje, 28 de junho, faz um ano que o presidente hondurenho, José Manuel Zelaya, foi deposto do cargo, durante um golpe militar. Ele tentou fazer um referendo popular, para mudar a constituição e ser reeleito. Após o golpe, diversas nações cortaram as relações diplomáticas com o governo golpista, inclusive, o Brasil. O país centroamericano também foi excluído como membro da Organização dos Estados Americanos (OEA).

A data também foi lembrada pelo Ministério de Relações Exteriores da Venezuela, que divulgou nota, exigindo o fim das supostas violações de direitos humanos ocorridas em Honduras.

Atualmente, Zelaya está fora do país, mas quando regressou, em setembro, durante a crise, buscou asilo político na Embaixada brasileira em Tegucigalpa. Na ocasião, as autoridades locais haviam cortado o fornecimento de luz e água e bloqueado os sinais de telefonia, impedindo que a instituição brasileira tivesse qualquer contato exterior. Diversos funcionários passaram necessidades, já que os partidários de Zelaya se negaram a dividir o alimento enviado pelas Nações Unidas.

Em novembro do ano passado, houve novas eleições e o vencedor foi Porfírio Lobo, que ainda não foi reconhecido por diversos governos.

Honduras também participou da primeira rodada da Copa do Mundo de 2010, na África do Sul, pelo grupo H, jogando contra o Chile, Espanha e Suíça, mas não conseguiu marcar nenhum gol.

Reações:

0 Leitor(es) opinou(aram) :

Postar um comentário

Seu comentário será publicado, logo que aprovado, conforme Política de Uso do site.

O LEITURA SUBJETIVA agradece o seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Web Statistics