sexta-feira, 4 de junho de 2010

Hugo Chávez diz que não descarta a possibilidade de nacionalizar a Pepsi-cola

Um globo gigante da logomarca da empresa está sendo retirado do topo de um edifício por supostamente representar perigo aos que passam no local

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, afirmou nesta quarta-feira, 3 de junho, em visita a uma indústria de alimentos, que não descarta a possibilidade de nacionalizar em seu país as Empresas Polar, uma subsidiária da Pepsi-Cola americana, segundo o Ministério do Comércio local.

“Se Você acredita que eu não me atrevo a nacionalizar as Empresas Polar, está bem equivocado”. Advertiu o líder venezuelano ao proprietário da Polar.

Um globo gigante da logomarca Pepsi no topo de um edifício começou a ser retirado pela Prefeitura de Libertador, que alega que o objeto representa perigo para os que passam na localidade. Em nota, a empresa disse que não está infringindo nenhuma regra, e que a decisão do município é arbitrária, já que não houve um plano de remoção seguro do objeto, levando-se em conta o grande número de pessoas que transitam nas ruas próximas ao prédio.

A Companhia americana é detentora de grandes marcas, como: Toddy, batatas Ruffles, entre outros.

Nesta sexta-feira (4), uma distribuidora de alimentos na região de Guárico foi ocupada temporariamente pelo governo venezuelano, por supostamente armazenar alimentos em más condições de higiene e acumulá-los para serem vendidos a preços especulativos, de acordo com o canal VTV. Não foi informado se a empresa em questão faz parte do grupo Polar ou não.

Reações:

0 Leitor(es) opinou(aram) :

Postar um comentário

Seu comentário será publicado, logo que aprovado, conforme Política de Uso do site.

O LEITURA SUBJETIVA agradece o seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Web Statistics