quarta-feira, 9 de junho de 2010

ONG Repórteres sem Fronteiras teme que a Justiça venezuelana obedeça a Chávez

A ONG de liberdade de expressão “Repórteres sem Fronteiras” (RSF) informou nesta quarta-feira, 9 de junho, estar preocupada que o Ministério Público da Venezuela obedeça a um pedido do presidente Hugo Chávez, para que se investigue o site de notícias local “Noticiero Digital”, por suposta incitação ao golpe de estado e violentar a ordem constitucional, e o censure.

O líder venezuelano teria feito esta solicitação durante seu programa dominical, “Alô, Presidente”, de 6 de junho, por causa de uma matéria publicada pelo jornal a respeito de militares aposentados de altas patentes que estariam trabalhando para uma transição cívico-militar no país até 2011.

Para a RSF, uma ordem direta do “rei” (Hugo Chávez) vai contra os princípios de separação de poderes e de independência das autoridades judiciais.

Em uma entrevista concedida pelo portal de notícias à ONG, o diretor presidente, Juan Eduardo Smith, questiona uma reação cada vez mais forte contra os que emitem opiniões contrárias à visão de mundo de Chávez.

Duas emissoras de TV são vítimas do governo local: uma é a “RCTV”, com licença de transmissão cassada em maio de 2007 e impedida também de transmitir sua programação no país através de seu canal internacional por TV a cabo, e atualmente, a “Globovisión”, cujo presidente, Guillermo Zuloaga, está proibido de sair do país e tem que se apresentar periodicamente ao Ministério Público.

No dia 21 de julho do ano passado, representantes do governo venezuelano estiveram reunidos com o secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), José Miguel Insulza, para discutir denúncias de supostas violações de direitos humanos e liberdade de expressão no país sul-americano.

Reações:

0 Leitor(es) opinou(aram) :

Postar um comentário

Seu comentário será publicado, logo que aprovado, conforme Política de Uso do site.

O LEITURA SUBJETIVA agradece o seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Web Statistics