quarta-feira, 7 de julho de 2010

Novidades no caso do goleiro Bruno

O goleiro do Flamengo, Bruno Fernandes das Dores de Souza, e o amigo Luiz Henrique Ferreira Romão (conhecido como “Macarrão”), se entregaram na tarde desta quarta-feira, 7 de julho, à Polinter, na Zona Norte do Rio. À noite, ambos foram levados para a Divisão de Homicídios, na Barra da Tijuca, Zona Oeste.

Na manhã de hoje (7), o jogador e o “Macarrão” tiveram prisão temporária de cinco dias decretada pela Justiça do Rio de Janeiro. Os dois estão sendo acusados pelo Ministério Público do RJ de terem sequestrado a modelo e ex-amante do goleiro, Elisa Samudio, com base no Artigo 148 do Código Penal.

Segundo o MP do RJ, em outubro do ano passado, Elisa, grávida de cinco meses, tinha sido sequestrada e forçada a abortar, mas ela se recusou e por isso foi agredida pelo jogador.

Além de Bruno e Macarrão, a Justiça mineira decretou prisão de 30 dias para outras cinco pessoas pelo desaparecimento de Eliza.

De acordo com o MP do RJ, a medida foi tomada após o jovem J.L.L.R., de 17 anos, primo do goleiro, ter dito na Divisão de Homicídios do Rio que teve participação no sequestro da modelo, na noite do dia 4 de junho, na saída de um hotel na Barra da Tijuca, Zona Oeste da capital. O menor teria afirmado Elisa Samudio que foi morta por estrangulamento.

Hoje (7), o Juizado da Vara da Infância e da Juventude de Contagem (MG) determinou a internação provisória do adolescente envolvido no caso, por cinco dias, alegando que ele estaria em situação de risco e que poderia ser eliminado, já que é uma testemunha importante.

O clube em que o goleiro atua, o Flamengo, divulgou nota nesta quarta-feira (7), informando que uma comissão de juristas acompanhará o caso.

A modelo está desaparecida deste o início do mês passado, segundo o MP fluminense. Conforme noticiado pelo G1, Bruno e Elisa se conheceram numa festa de orgia e tiveram um filho.

A história de Bruno já virou notícia na imprensa internacional como o “El Mercurio, do Chile, e o “El País”, da Espanha. Neste segundo jornal o título da matéria é: “Uma história de futebol, sexo e sangue comove o Brasil”.

Reações:

0 Leitor(es) opinou(aram) :

Postar um comentário

Seu comentário será publicado, logo que aprovado, conforme Política de Uso do site.

O LEITURA SUBJETIVA agradece o seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Web Statistics