terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Argentina fala de mais união nas relações com o Brasil

Dilma Rousseff faz sua primeira viagem ao exterior como presidenta

Imagem: Presidência do Brasil/Divulgação


Encontro entre Dilma Rousseff e Cristina Kirchner.



Durante um encontro com a presidenta Dilma Rousseff, nesta segunda-feira (31), na Casa Rosada (sede do governo argentino), sua homóloga, Cristina Kirchner, disse que se ambos os países já estavam unidos, a partir de agora estarão mais, afirmando que os ex-presidentes Lula (Brasil) e Néstor Kirchner (Argentina), morto recentemente, possibilitaram isso ao reverterem e construírem uma relação diferente.

Em sua primeira viagem oficial ao exterior – como chefe de estado – Dilma Rousseff assinou acordos comerciais, inclusive um convênio entre as duas nações para a construção de dois reatores nucleares e de duas usinas hidrelétricas e um programa bilateral de habitação.

A mandatária brasileira também se encontrou com representantes das “mães e avós de maio”, grupo de mulheres que procuram pelo paradeiro de parentes desaparecidos durante a ditadura argentina. Dilma Rousseff recebeu das “mães” uma doação simbólica de uma casa e uma sala, da missão “Sonhos Compartilhados”, para a reconstrução de moradias dos municípios da Região Serrana do Rio de Janeiro atingidos pelas enchentes do dia 11 do mês passado.

Reações:

0 Leitor(es) opinou(aram) :

Postar um comentário

Seu comentário será publicado, logo que aprovado, conforme Política de Uso do site.

O LEITURA SUBJETIVA agradece o seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Web Statistics