quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Brasil: país que mais censura conteúdos na internet

O grande destaque foi a censura imposta ao jornal "O Estado de São Paulo" há quase dois anos

398 solicitações de retiradas de conteúdos online foram feitas ao Google, apenas no primeiro semestre de 2010, por autoridades brasileiras. Com isso, o Brasil passa a ser o país que mais censura a internet, conforme dados do Comitê de Proteção aos Jornalistas (CPJ), divulgados nesta terça-feira (15/2).

A Líbia, segundo colocado no ranking, pediu menos da metade do que o gigante sul-americano.

Os relatórios do CPJ dão grande destaque à censura imposta ao diário “O Estado de São Paulo”, que dura um ano e seis meses aproximadamente, que o proíbe, por meio de uma liminar, de divulgar notícias sobre suposto nepotismo e esquema de corrupção envolvendo Fernando Sarney, filho do presidente do Senado, José Sarney, durante investigações da Polícia Federal, na operação “Boi Barrica”.

Dando continuação aos Sarney, o Comitê ressaltou a influência que a família exerce no Maranhão, no poder há mais de 40 anos.

A presidenta Dilma Rousseff em seu primeiro discurso, após o resultado no segundo turno, afirmou que garantiria a liberdade de expressão no país, no entanto não explicou como, segundo o CPJ, que também fala do comportamento de Lula em acusar a imprensa de ser “tendenciosa” e de estar atuando contra a sua então candidata, que por sinal venceu as urnas.

O governo brasileiro teria apresentado uma proposta de lei para regular a internet, o que causou incomodo, uma vez que poderia restringir a liberdade de expressão e a cobertura na web, além disso, provedores poderiam ser responsabilizados se não retirassem imediatamente certos conteúdos produzido por usuários.

A recaptura do chefe do tráfico de drogas Eliseu Felício de Souza, acusado de ter participado do assassinato do jornalista da TV Globo, Tim Lopes, em 2002, e que teria fugido da prisão em 2007, também constou nos documentos. A prisão ocorreu no final do ano passado, durante operações da Polícia Militar no Complexo do Alemão, zona norte do Rio.

Reações:

0 Leitor(es) opinou(aram) :

Postar um comentário

Seu comentário será publicado, logo que aprovado, conforme Política de Uso do site.

O LEITURA SUBJETIVA agradece o seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Web Statistics