quinta-feira, 10 de março de 2011

Carnaval virou festa dos ricos, diz jornalista

Um vídeo da jornalista Rachel Sheherazade, da TV Tambaú, afiliada do SBT, postado no YouTube, já arrancou mais de 300 mil acesso em apenas um semana. Durante seu telejornal, ela teria criticado o governo por investir em Carnaval, alegando que a festividade é feita para ricos.

“O Carnaval é uma festa popular. Balela!!! O Carnaval virou negócio, e dos ricos! Que o digam os camarotes vip, as festas privadas e os abadás caríssimos chamados passaportes da alegria! E, quem não tem dinheiro pra comprar aquela roupinha colorida não tem também direito de ser feliz? Tem não!”, destaca a repórter.

“...A maioria dos blocos vive às custas do Poder Público e nenhuma atração sobe em um trio elétrico para divertir o povo, só por ser o Carnaval uma festa democrática. Milhões de reais são pagos a artistas da Terra e fora dela, para garantir o circo a uma população miserável que não tem sequer o pão na mesa”, explica Sheherazade.

“Eu fico indignada quando vejo a quantidade de ambulâncias disponibilizadas num desfile de Carnaval para atender aos bêbados de plantão e valentões que se metem em brigas e quebra-quebra. Onde estão essas mesmas ambulâncias, quando uma mãe precisa socorrer um filho doente, quando um trabalhador está infartando, quando um idoso no interior precisa se deslocar de cidade para se submeter a um exame? Eu me revolto em ver que os policiais estão em peso nas festas para garantir a ordem durante o Carnaval, e no dia a dia falta segurança para o cidadão de bem exercitar o simples direito de ir e vir”, continua a jornalista.

“...Carnaval só dá lucro para dono de cervejaria, para proprietário de trio elétrico e para uns poucos artistas baianos, no mais é só prejuízo. Alguém já parou para calcular o quanto o Estado gasta para socorrer vítimas de acidente causados por foliões embriagados, quantos milhões são pagos em indenizações por morte ou invalidez decorrentes desses acidentes? Quanto o Poder Público desembolsa com procedimentos de curetagem que muitos jovens se submetem depois de um Carnaval sem proteção, que gerou uma gravidez indesejada? Isso sem falar na quantidade de DSTs que são transmitidas durante a festa em que tudo é permitido!”, ressalta a profissional.

Não se sabe o motivo que a levou fazer tais declarações, mas, provavelmente muita gente gostaria de dizer o mesmo e não pode, por ocupar certas posições de destaque na sociedade.

Vídeo: YouTube/Reprodução


Momento em que a jornalista Rachel Sheherazade critica os investimentos em Carnaval

Reações:

Um comentário :

  1. Concordo "ipsis verbis" com a jornalista.
    PARABÉNS pelo excelente BLOG!
    Um grande e fraternal abraço.
    Almir.

    PS: Tenho um BLOG cultural, recentemente criado: "VIVA A VIDA!", de ALMIR DE CARVALHO FILHO.
    Sentir-me-ia bastante honrado com a sua visita.
    www.carpediemvivaavida.blogspot.com

    ResponderExcluir

Seu comentário será publicado, logo que aprovado, conforme Política de Uso do site.

O LEITURA SUBJETIVA agradece o seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Web Statistics