terça-feira, 29 de março de 2011

Propaganda de cachaça brasileira é considera 'a mais homofóbica da semana' nos EUA

Anúncio que não foi ao ar, recomendava que os pais tomassem a bebida para aceitar a homossexualidade de um filho.

A peça publicitária de uma cachaça brasileira vazou recentemente em sites americanos, como o “Ads the World”, e já está sendo considerada a 'propaganda mais homofóbica da semana', de acordo com o portal “Gawker”. A mesma sugeria aos país que tomassem a bebida, como forma de aceitar a condição homossexual de um filho.

A imagem abaixo mostra a planta de uma casa, com detalhes informados em legenda, em inglês. Dois homens estariam no sofá da sala assistindo a um filme gay. O quadrinho verde é 'seu filho' (your song), o azul, 'o colega do seu filho' (your son's buddy), e o roxo, o filme 'Brokeback Mountain', que conta a história de dois caubóis gays apaixonados. Do lado direito, uma garrafa com a seguinte mensagem: “se Você tem que ser forte, nós temos que ser fortes” (If you gotta be strong, we gotta be strong).

Imagem: Ads the World/Divulgação


A cachaça é fabricada em Miguel Pereira, município fluminense. No blog, o fabricante criticou a Folha de São Paulo, por ter divulgado o incidente: “inacreditável um jornal com a Folha repercutir com tanto espaço um ato inconsequente de uma (ex) dupla de criação, associando a Magnífica a uma campanha homofóbica. Cheira a difamação da marca”.

Em nota, a Agência 3, responsável por criar a peça, disse que a mesma já tinha sido reprovada antes mesmo de ser apresentada ao fabricante, “por não seguir os princípios éticos pregados tanto pelo cliente quanto pela agência”. Os responsáveis pelo vazamento já teriam sido advertidos pela empresa de mídia.

Reações:

0 Leitor(es) opinou(aram) :

Postar um comentário

Seu comentário será publicado, logo que aprovado, conforme Política de Uso do site.

O LEITURA SUBJETIVA agradece o seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Web Statistics