terça-feira, 1 de março de 2011

Sarney: querido, mas bem longe

Vaza áudio da Rádio Senado sobre suposto obituário do presidente da Instituição

Um áudio sobre suposto obituário do senador José Sarney (PMDB-AP), produzido pela Rádio Senado, vazou e foi divulgado pelo site “Estadão”, nesta segunda-feira (28/2). A biografia faz referências ao presidente da Instituição com verbos no passado, durante sua vida pública.

Em nota, a emissora do legislativo disse que a “prática é comum em todos os veículos de comunicação” e lamentou que o conteúdo pudesse dar “asas a uma imaginação fantasiosa, que em nada contribui para a informação e a formação da opinião pública”.

Em 2011, o senador foi eleito pela quarta vez presidente da Instituição. Já não é de hoje que o ex-presidente do Brasil é querido por parte do povo brasileiro, mas bem longe: no mês passado, uma funcionária terceirizada do Supremo Tribunal Federal (STF) teria postado no Twitter da entidade a seguinte mensagem: “Ouvi por aí: ‘Agora que o Ronaldo se aposentou, quando será que o Sarney vai resolver penduras as chuteiras?’”. Recentemente, uma onda de protestos também tomou conta do microblog, com a hashtag #ForaSarney.

O presidente do Senado foi citado há pouco tempo atrás num relatório do Comitê de Proteção a Jornalistas (CPJ), por causa da grande influência que sua família tem no estado do Maranhão, além da censura imposta ao jornal “O Estado de São Paulo” a respeito de uma operação da Policia Federal que citaria o nome de seu filho, Fernando.

Reações:

0 Leitor(es) opinou(aram) :

Postar um comentário

Seu comentário será publicado, logo que aprovado, conforme Política de Uso do site.

O LEITURA SUBJETIVA agradece o seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Web Statistics