terça-feira, 19 de abril de 2011

Japão: mais de 14 mil mortos

País começa a transportar água contaminada de reatores para locais apropriados

Pelo menos 14 mil e uma pessoas já morreram no Japão, por causa do terremoto de 9 graus Richter e do maremoto de 16 metro de altura, do dia 11 de março deste ano, incluindo também as vítimas dos tremores recentes dos dias 7 e 11 deste mês. Outras 13.660 estariam desaparecidas. É importante ressaltar que a maior parte dessas vítimas é decorrente da primeiro abalo. Contudo, esse número não adiciona os moradores de Sendai, na província de Miyagi, porque as autoridades teriam notado repetição de dados, informou a NHK, emissora de TV local.

Das 450 mil pessoas que estavam vivendo em abrigos temporários, pelo menos 136 mil delas continuam.

Estudantes poderão ter suas aulas em locais alternativos, uma vez que mais de 100 escolas foram destruídas pelo tsunami, sendo a maioria, primárias, nas regiões de Fukushima, Miyagi e Iwate. Em algumas salas, chega a 60 o número de alunos, já que vários colégios estão aceitando jovens de outras unidades, pois algumas destas estão servindo de abrigo temporário aos sobreviventes.

A Companhia de Eletricidade de Tóquio (Tepco) começou a transportar água contaminada do reator 2, da usina 1, em Fukushima, para o subsolo do edifício de uma turbina, que funcionará como depósito de lixo atômico, tentando evitar um vazamento no oceano. Até a divulgação desta notícia, pelo menos 25 mil toneladas de água radioativa já tinha sido transportada. No entanto, toda essa parte da operação de contenção de radioatividade pode levar até 26 dias, uma vez que a capacidade da empresa é de levar 480 toneladas de água por dia.

Leia também:

11/03/2011: terremoto de 8,9 graus no Japão deixa dezenas de mortos

Japão: já passam dos 10 mortos

Japão: um mês após a tragédia

10/07/2011: terremoto de 7 graus no Japão

Reações:

0 Leitor(es) opinou(aram) :

Postar um comentário

Seu comentário será publicado, logo que aprovado, conforme Política de Uso do site.

O LEITURA SUBJETIVA agradece o seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Web Statistics