quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Hugo Chávez diz que ONU e OTAN estão sendo usadas para gerar “guerras coloniais”

No último dia da 66ª Assembléia Geral das Nações Unidas, nesta segunda-feira (27/9), em Nova Iorque, o governo venezuelano acusou as Nações Unidas e a Organização Tratado do Atlântico Norte (Otan) de anti-democráticas e, que ambas estariam sendo utilizada para gerar novas “guerras coloniais” em nome do capitalismo. A mensagem era do presidente Hugo Chávez, que foi lida por seu chanceler, Nicolás Maduro.

O representante sul-americano usou como exemplo o recente confronto na Líbia, classificando como zombaria o embargo de armas imposto pela ONU, quando a Otan teria “introduzido milhares de armas pesadas para apoiar a insurreição contra o governo” de Muamar Kadafi, que até o momento está foragido.

O ministro de Relações Exteriores da Venezuela também afirmou que a ONU estaria passando por uma crise, acrescentando que o Conselho de Segurança supostamente estaria dando às costas para a opinião da maioria dos países-membros. E completou, dizendo que era preciso acabar com a permanência e o veto no Conselho.

Reações:

0 Leitor(es) opinou(aram) :

Postar um comentário

Seu comentário será publicado, logo que aprovado, conforme Política de Uso do site.

O LEITURA SUBJETIVA agradece o seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Web Statistics