domingo, 6 de novembro de 2011

Rio: Cinegrafista da Band morre ao ser baleado durante operação policial

Informação atualizada em 06/11/2011, às 22h

Profissional utilizava colete à prova de balas; autoridades lamentam o episódio.

A TV Bandeirantes informou que, seu cinegrafista Gelson Domingos, de 46 anos, foi morto na manhã deste domingo (6/11), enquanto cobria uma operação do Batalhão de Operações da Polícia Militar do Rio de Janeiro (Bope), na comunidade Antares, em Santa Cruz, zona oeste. Ele teria sido atingido por um tiro de fuzil na região do tórax, e levado a uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) daquela localidade, mas já teria chegado morto, por volta das 7h40, destacou a Secretaria Estadual de Saúde.

Na ocasião, o cinegrafista estaria usando um colete à prova de balas, no modelo permitido pelas Forças Armadas.

Em nota, a PM disse lamentar o ocorrido. A Secretaria de Comunicação da Presidência da República também comentou o fato: “O trágico episódio reforça em toda a sociedade o sentimento de gratidão e de solidariedade a todos os profissionais de todas as categorias que, como Gelson, arriscam-se em suas tarefas diárias em prol dos brasileiros.”

O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, também enviou mensagem de condolências à emissora.

A Associação Brasileira de Imprensa (ABI) também lamentou a morte do cinegrafista e ressaltou que, “a atividade jornalística expõe os profissionais a graves riscos no Brasil e no mundo”.

O Sindicato dos Jornalistas do Município do Rio condenou a tragédia de Gelson Domingos, ao acrescentar: “É mais uma morte que resultou da falta de segurança em coberturas de risco no Rio de Janeiro. Para o Sindicato, este fato expõe a imediata necessidade de dar continuidade às ações de proteção que foram prioridade após a morte de Tim Lopes e que hoje estão sendo proteladas pelo Sindicato Patronal”.

O cinegrafista já teria trabalhado também no SBT e na Record, e deixou esposa, três filhos e dois netos.

Na imprensa estrangeira, a morte do profissional foi destaque no argentino “Clarín”, que destacou que o colete não lhe serviu para nada.

Resultado da operação policial

Na operação, nove traficantes teriam sido presos, entre eles o líder do tráfico local, Renato José Soares, conhecido como “BBC”, e seu braço-direito, Leandro Ferreira de Araújo, chamado de “China”. Outros quatro criminosos ainda não identificados teriam sido mortos.

Na operação realizada entre o 27° Batalhão (Santa Cruz), o Batalhão de Choque do 9° Batalhão (Rocha Miranda) e 40° Batalhão (Campo Grande) foram apreendidos: 10 motos, R$ 3.154, um fuzil AR 15, três pistolas, quatro carregadores de fuzil, três carregadores de pistola, cinco rádios transmissores, 1 kg. de maconha, 1.500 trouxinhas de maconha, 100 pedras de crack, dois mil papelotes de cocaína, 13 frascos de “cheirinho de loló”, além de um celular.

Leia também:

Cinegrafista da Band foi enterrado nesta segunda-feira

Reações:

0 Leitor(es) opinou(aram) :

Postar um comentário

Seu comentário será publicado, logo que aprovado, conforme Política de Uso do site.

O LEITURA SUBJETIVA agradece o seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Web Statistics