segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Colômbia: governo confirma tentativa de negociar paz com as FARC

O presidente colombiano, Juan Manuel Santos, confirmou agora há noite que estaria em conversas de negociação de paz com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC), após a notícia ter sido divulgada em primeira mão pelo canal estatal venezuelano Telesur, na noite desta segunda-feira (27/8).

“Desde o primeiro dia do meu governo, cumpri com minha obrigação constitucional de buscar a paz. Nessa direção, se desenvolveram conversas exploratórias com as FARC para buscar o fim do conflito.

Quero manifestar claramente aos colombianos que as aproximações que se têm feito e que as que se façam no futuro se marcam nos seguintes princípios reitores:

Primeiro: vamos aprender com os erros do passado para não repeti-los.

Segundo: qualquer processo tem que levar o fim do conflito, não o seu prolongamento.

Terceiro: Serão mantidas as operações e a presença militar sobre cada centímetro do território nacional.

Além disso, hoje o ELN [Exército de Libertação Nacional] se manifestou num meio de comunicação internacional seu interesse em participar de conversas dirigidas a por fim à violência.

A esse grupo guerrilheiro lhe digo que – dentro do marco destes princípios reitores – eles também poderiam ser parte deste esforço por terminar o conflito.

Nos próximos dias será de conhecimento o resultado da aproximação com as FARC.

Os colombianos podem confiar plenamente no que o governo está construindo com prudência, seriedade e firmeza, antepondo sempre o bem-estar e a tranqüilidade de todos os habitantes do nosso país”, essa foi a nota de Bogotá, publicada na íntegra.

De acordo com o canal de TV sul-americano, o acordo para iniciar os diálogos foi feito em Havana, capital cubana. Mas, as conversas formais serão feitas em outubro próximo, na capital norueguesa, Oslo. E novamente, voltando a Cuba. Três governos acompanham as negociações: Venezuela, Cuba e Noruega.

O conflito armado entre o governo colombiano e os rebeldes já dura cerca de 50 anos. As FARC começaram como um movimento de guerrilha camponês, depois sendo consideradas narcotraficantes por países como Estados Unidos e pelo próprio governo colombiano.

Reações:

0 Leitor(es) opinou(aram) :

Postar um comentário

Seu comentário será publicado, logo que aprovado, conforme Política de Uso do site.

O LEITURA SUBJETIVA agradece o seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Web Statistics