sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Mais de 60 mil assinaturas contra decisão de pagar impostos de senadores com dinheiro público

Mais de 64 mil pessoas até o momento já assinaram a petição online no site da Avaaz, manifestando-se contra a decisão de o Senado utilizar dinheiro público para pagar o imposto de renda referente aos 14° e 15° salários entre 2007 e 2011 dos senadores. A mesma teria sido supostamente criada pelo presidente regional da OAB-RJ, Waldih Damous, no último dia 4 de outubro.

“É ultrajante! Os Senadores querem que o cidadão brasileiro pague as dívidas de imposto pessoais deles. Vamos nos mobilizar contra este abuso absurdo de seus cargos públicos! 

Como Presidente da OAB-RJ (Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional do Rio de Janeiro), fiquei indignado ao descobrir, pelos jornais, que os Senadores, além de receberem 14º e 15º salários – o que já é completamente fora de propósito – não pagaram imposto de renda sobre esses salários entre 2007 e 2011. E, quando a Receita Federal descobriu, o Senado decidiu que essa dívida seria paga com dinheiro público! Mas tenho certeza de que se nos unirmos em uma enorme mobilização nacional o Senado voltará atrás nessa decisão absurda. 

Junte-se a nós nessa grande corrente para barrar essa manobra lamentável. Assine a petição que, em conjunto com a Avaaz, eu entregarei diretamente aos Senadores diante de toda a mídia”. Disse o comunicado.

No final do mês passado, a impressa relatou que os impostos não tinham sido recolhidos. E os parlamentares que já o tivessem pago, poderiam ser ressarcidos. Cada um recebe o salário de R$ 26,7 mensais, além de benefícios como plano de saúde, passagens aéreas e verbas de gabinete.

Está em pauta no Congresso um projeto para acabar com os 14° e 15° salários.

Reações:

0 Leitor(es) opinou(aram) :

Postar um comentário

Seu comentário será publicado, logo que aprovado, conforme Política de Uso do site.

O LEITURA SUBJETIVA agradece o seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Web Statistics