quarta-feira, 7 de novembro de 2012

EUA: Barack Obama é reeleito

Imagem: Barack Obama / Twitter/ Divulgação
Comemorando com a esposa, Michelle Obama
Os estadunidenses reelegeram, nesta terça-feira (6/11), o presidente Barack Obama, do partido Democrata, para mais um mandato de quatro anos. Ele superou o concorrente Republicano, Mitt Romney, na contagem dos votos nas delegações eleitorais. De acordo com a imprensa local, até o momento estaria com mais de 270 votos a favor, e o concorrente, com 200.

“Obrigado, esta vitória é sua”, disse o mandatário em seu site de campanha, agradecendo aos que o apoiaram.

Obama venceu em todos os estados da costa oeste (Washington, Oregon, Califórnia e Nevada), no Havaí – sua terra natal – além de estados da costa nordeste, por exemplo, Nova Iorque, Maine, Nova Jersey e o próprio Distrito Federal. Também no Colorado, Novo México, Iowa, Minnessota, Illinois, Winconsin e Michigan. Em alguns outros, a contagem ainda está sendo feita ou optaram pelo rival republicando.

O líder norte-americano liderou a votação em estados como: Califórnia, com 55; Nova Iorque, com 29; e Pensilvânia, com 20 votos.

Já Mitt Romney obteve bons votos em estados como: Texas, 38; Geórgia, 16; e Carolina do Norte, com 15. Nesses locais, ele venceu.

As eleições ocorreram no momento em que a população tenta se recuperar dos danos provocados pela tormenta “Sandy”, que atingiu cidades como Nova Iorque e Nova Jersey, e algumas nações da América Central, como Cuba e Haiti, na semana passada.

Alguns fatos importantes durante a gestão de Obama

Obama assumiu o cargo em janeiro de 2009. No mesmo ano, foi homenageado com o Prêmio Nobel da Paz por sua política pelo desarmamento nuclear.

Um dos focos de trabalho do presidente foi estudar a retirada de soldados norte-americanos no Iraque, que estavam lá desde 2003.

Em 2010, vieram à tona as denúncias do site Wikileaks de que Washington supostamente espionaria políticos em todo o mundo.  O caso ganhou repercussão internacional e foi um dos maiores escândalos dos últimos tempos.

Os Estados Unidos precisam recuperar o crescimento econômico provocado pela crise mundial. No ano passado, por pouco não teve suas embaixadas fechadas por falta de orçamento. No fim, o Congresso aprovou um pacote fiscal, mas o governo teria que tentar conter o déficit fiscal oriundo da administração de seu antecessor George W. Bush.

Durante seu governo, militares estadunidenses conseguiram capturar o falecido terrorista da Al-Qaeda, Osama Bin Laden, considerado o número um da organização, em maio do ano passado. Ele estaria escondido em sua residência no Afeganistão. Na época, o feito quase gerou uma crise diplomática entre os dois países, já que a operação de captura foi sem o conhecimento das autoridades locais.

Reações:

0 Leitor(es) opinou(aram) :

Postar um comentário

Seu comentário será publicado, logo que aprovado, conforme Política de Uso do site.

O LEITURA SUBJETIVA agradece o seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Web Statistics