quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Hacker divulga dados pessoais de Lula e outras personalidades em protesto pelo “Mensalão”

Lewandowski, Dirceu e Genoíno, por exemplo, também tiveram informações expostas.


Um hacker ou um grupo, não se sabe ao certo, cujo perfil no Twitter é @nbdu1nder, divulgou supostos dados pessoais do ex-presidente Lula (PT-SP) e de outras personalidades do cenário político, nesta quinta-feira (10/1), em protesto pelo julgamento do “Mensalão”. Entre as informações que se tornaram públicas estão CPF, endereço, nome da mãe, telefones e empresas que possuem.

“E o do julgamento século, pra variar, está encaminhando para acabar em pizza, como tudo neste país. O Mensalão, um dos maiores escândalos de corrupção do  Brasil, em  todos  os tempos, está em julgamento, mas  não dá para  esperar muito  de todo esse circo  que se formou, pois  a  própria justiça brasileira está falida, e não é de agora.”, disse(ram) o(s) responsável(is) por ‘hackear’ os dados que, também acrescentou(aram) que os mesmos não teriam sido retirados do Palácio do Planalto, porém supostamente do Serasa.

Supostos dados do revisor do processo do Mensalão, Ricardo Lewandowksi, do empresário Marcos Valério, do senador Aécio Neves (PSDB-MG), do deputado federal Paulo Maluff (PP-SP) e do senador Renan Calheiros (PMDB-AL) também foram expostos.

“Os advogados dos acusados apresentam as desculpas mais deslavadas e os juízes parece que estão acatando. Não aceitaram, por exemplo, investigar o ex-presidente Lula. Acreditam, portanto, que ele não sabia do Mensalão. Parece brincadeira, mas é isso mesmo: Lula sai como  inocente disso é bem  assim. Outros  personagens  atuantes no  Mensalão, também foram  ‘esquecidos’: Banco BMGDaniel Dantas, Fernando Pimentel, Romero Jucá, etc.”, complementou(aram) o(s) hacker(s).

Outras exposições de dados

Na última terça-feira (8), por exemplo, o(s) mesmo(s) hacker(s) já tinha(m) divulgado supostos dados do recém-empossado deputado federal José Genoíno (PT-SP), do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu e do ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares.

“O diabo desta vida é que entre cem caminhos temos que escolher apenas um, e viver com a nostalgia dos outros noventa e nove”, postou(aram) o(s) autor(es) pela difusão dos dados.

“Vocês escolheram o errado... só restam as consequências. Seus imundos.

O Brasil viveu um dos momentos mais constrangedores de sua história, não apenas por assistir a posse na Câmara dos Deputados de um corrupto e quadrilheiro condenado a seis anos e onze meses de prisão, mas pelo fato dele ter sido aplaudido por boa parte dos parlamentares, entre eles todos os petistas, como se fosse um herói nacional.

Não é. 

Genoino participou de um esquema de compra de votos, o Mensalão, que abastecia o caixa do PT com dinheiro sem origem e o repassava a deputados da mesma Estirpe moral. Como prêmio, antes da decisão final sobre seu justo encarceramento, o petista corrupto receberá  dinheiro oriundo de nossos impostos durante o período em que certamente  trabalhará para  favorecer os semelhantes em Brasília, em detrimento de um povo  calado e omisso, que  assiste  a tudo, despolitizado e com a falta de coragem necessária para ao menos protestar  contra a barbaridade.

Já está na hora de algum movimento, não acham, cidadãos? Está na hora de parar de reclamar e ir Às ruas!

Certamente se isso estivesse  acontecendo em algum clube de  futebol e vocês fossem os torcedores, teriam se organizado e feito manifestações... Maaaaas, como política é  algo que  nos  afeta diretamente ninguém faz nada. Apenas aceitam. Devemos mudar esse pensamento”, expressou(aram) o(s) hacker(s), indignado(s) pela posse de Genoínio, na semana passada.

Algumas sentenças do Mensalão

José Genoíno foi sentenciado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) a seis anos e 11 meses de prisão e ao pagamento de uma multa de R$ 468 mil pelos crimes de corrupção ativa e formação de quadrilha, decorrente da época que era o presidente do Partido dos Trabalhadores.

Enquanto que, José Dirceu foi sentenciado a 10 anos e 10 meses de prisão e a uma multa de mais de R$ 600 mil, sob as mesmas acusações que Genoíno. No momento, nenhum dos dois está preso.

Quanto à pena de 40 anos do empresário Marcos Valério, por também ter participado do suposto esquema de desvio de verba para favorecer o PT e comprar apoio político, a mesma ainda não é definitiva. Atualmente, ele acusa o ex-presidente Lula de suposto envolvimento, o que é rechaçado pelo partido, que não quer que ele seja investigado pela Procuradoria Geral da República (PGR).

Leia também:

Reações:

0 Leitor(es) opinou(aram) :

Postar um comentário

Seu comentário será publicado, logo que aprovado, conforme Política de Uso do site.

O LEITURA SUBJETIVA agradece o seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Web Statistics