segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

Bento XVI renuncia ao Papado

Ele não virá à JMJ 2013 no Rio de Janeiro; cinco cardeais brasileiros estão na lista de sucessão.

Imagem: Wikipédia / Divulgação /
Creative Commons
O papa Bento XVI (foto) surpreendeu toda a comunidade católica, nesta segunda-feira (11/2), ao informar que pretender renunciar o cargo oficialmente às 20h locais (17h em Brasília) do próximo dia 28 de fevereiro. Ele, que já tem 85 anos, alegou não ter mais forças para continuar.

“Caríssimos Irmãos, convoquei-vos para este Consistório não só por causa das três canonizações, mas também para vos comunicar uma decisão de grande importância para a vida da Igreja. Depois de ter examinado repetidamente a minha consciência diante de Deus, cheguei à certeza de que as minhas forças, devido à idade avançada, já não são idôneas para exercer adequadamente o ministério petrino. Estou bem consciente de que este ministério, pela sua essência espiritual, deve ser cumprido não só com as obras e com as palavras, mas também e igualmente sofrendo e rezando (...)”, disse.

Ele é o sétimo a renunciar o cargo. Esta não precisa ser aprovada pela instituição religiosa, uma vez que ele é a autoridade máxima, conforme previsto pelo Código de Direito Canônico. Os outros foram: São Clemente (88-97), São Ponciano (230-235), Gregório VI (1045-1046), Honório II (1124-1130), San Celestino (1294) e Gregório XII (1406-1409), segundo a Arquidiocese mexicana.

Bento XVI irá para o monastério dentro do próprio Vaticano. Após renúncia formal, começa-se então o conclave, o período para eleger um sucessor, cujo nome deverá ser anunciado até a Páscoa, no próximo dia 31 de março. Mais de cem cardeais de todo o mundo estão na lista para ocupar o cargo: 61 europeus, 19 da América Latina, 14 da América do Norte, 11 da África, 11 da Ásia e um da Oceania, de acordo com a Agência de Notícias Católica Argentina (Aica). Desse total, cinco deles seriam brasileiros,  Dom Raymundo Damasceno, atual arcebispo de Aparecida e Presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB); Dom Cláudio Hummes, de 78 anos, Arcebispo Emérito de São Paulo; Dom Odilo Scherer, de 63 anos, atual Cardeal Arcebispo de São Paulo; Dom João Braz de Aviz, de 66 anos, que mora em Roma e é Prefeito das Congregações dos Religiosos em Roma; e Dom Geraldo Majella Agnelo, de 79 anos, atual Arcebispo Emérito de Salvador (BA), acrescentou a Arquidiocese do Rio de Janeiro.

A notícia de sua saída surpreende especialmente os católicos brasileiros, não só pelo fato de o país ser considerado o maior em número de fieis, mas porque em julho deste ano ocorre a Jornada Mundial da Juventude. A visita será feita pelo novo sumo sacerdote.

Reações:

0 Leitor(es) opinou(aram) :

Postar um comentário

Seu comentário será publicado, logo que aprovado, conforme Política de Uso do site.

O LEITURA SUBJETIVA agradece o seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Web Statistics