sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Vaticano: Bento XVI será bispo emérito após deixar o Papado

Pontífice se demitirá oficialmente na próxima quinta-feira (28/2), e continuará usando o atual nome.

O papa Bento XVI receberá o título de bispo emérito de Roma – e não de cardeal – depois que deixar oficialmente o cargo, na próxima quinta-feira (28/2), informou o diretor de imprensa do Vaticano, padre Federico Lombardi, nesta sexta-feira (22).

Ele também continuará usando o nome Bento XVI. No entanto, seu anel e o selo papal poderão ser destruídos. “O anel do pescador é o sinal visível da autoridade do Papa, que ele recebe no momento solene no início do Pontificado e que usa no dedo anular direito. Esta insígnia papal é documentada desde o tempo de Clemente IV (por volta de 1.265) e era utilizada como selo secreto para correspondências privadas. Durante a solene celebração do início do Pontificado o Cardeal Decano do Sacro Colégio o coloca no anular da mão direita do novo Papa. O anel, confeccionado em ouro, além de gravado o nome do Pontífice, tem a imagem em relevo do Apóstolo Pedro pescando sobre uma barca. Com a morte de cada Papa, o Cardeal Camerlengo o retira do dedo e, na presença dos representantes do Colégio dos Cardeais quebra-o, indicando com tal gesto o final do pontificado”, disse o padre Lombardi.

Também não se sabe a roupa que o novo bispo usará. Depois que se demitir oficialmente, Bento XVI ficará no Castel de Gandolfo, até o final de abril, enquanto aguarda a reforma de sua nova morada, o mosteiro Mater Eclesia, no Vaticano. É provável que o futuro ex-papa não faça aparições públicas após o dia 28 deste mês.

Sobre o Conclave

Sabe-se que o período vacante até que se possa começar a eleger um novo papa é de 15 a 20 dias, conforme determina a Constituição ‘Universi Domini Gregis’. Todavia, Bento XVI poderia emitir um Motu Próprio, alterando a regra, para que o Conclave fosse antecipado. Ele só poderá fazer tal alteração enquanto estiver na função, por ser a autoridade máxima da Igreja Católica.

117 cardeais com idade até 80 anos foram convocados a votar em um sucessor. Qualquer um destes pode ser indicado. Nessa lista tem cinco brasileiros.

Sobre a renúncia

No último dia 11, o sumo sacerdote pegou todos de surpresa ao anunciar que pretendia renunciar no final deste mês. O ato será formalizado às 20h locais (17h no Brasil). Bento XVI alegou não ter mais forças para continuar na função, contudo sua decisão poderia estar vinculada a supostos conflitos internos entre os religiosos, mostrando uma igreja dividida, além dos casos de pedofilia envolvendo padres, corrupção e tráfico de influência, denunciados no escândalo conhecido como “Vatileaks”.

Naquela ocasião, alguns governos como o do México e dos Estados Unidos se manifestaram sobre sua saída, lamentando e o felicitando por seu trabalho eclesiástico.

Sobre Bento XVI

Seu nome de batismo é Joseph Alois Ratzinger, nasceu na Alemanha e atualmente tem 85 anos. Assumiu o cargo em 2005, após a morte de seu antecessor, João Paulo II.

Leia também:

Vaticano: Bento XVI deixa oficialmente o Papado

Vaticano: Bento XVI continuará com o título de papa, mesmo após deixar o cargo

Vaticano: Bento XVI deixa para sucessor a opção de revelar o Vatileaks

Reações:

0 Leitor(es) opinou(aram) :

Postar um comentário

Seu comentário será publicado, logo que aprovado, conforme Política de Uso do site.

O LEITURA SUBJETIVA agradece o seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Web Statistics