quinta-feira, 2 de maio de 2013

Alerj processa a Microsoft

Legislativo exige que a empresa ofereça assistência gratuita aos usuários afetados por atualização de segurança no Windows 7

A Comissão de Defesa do Consumidor (Codecon) da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) protocolou, na última segunda-feira (29/4), uma ação coletiva na 4ª Vara Empresarial da Capital contra a Microsoft, no intuito de obrigá-la fornecer assistência técnica gratuita aos usuários do Windows 7, que baixaram a atualização de segurança identificada como KB2823324.

Após terem feito tal ‘download’ no início de abril último, vários usuários teriam tido problemas como a reinicialização constante do sistema. Não se sabe a quantidade exata de afetados, apenas que tal atualização foi disponibilizada no dia 9 daquele mês. “A Microsoft não se prontificou em ressarcir os custos e prejuízos causados por conta de seu produto defeituoso, mas sugeriu que o problema possa ter sido em razão de um programa bancário”, informou a Codecon.

Outra opção proposta no processo é que a gigante estadunidense pudesse compensar os consumidores com novos programas ou disponibilizasse versões melhoradas dos mesmos. A multa diária por descumprimento é de R$ 50 mil por dia.

No último dia 11 de abril, por exemplo, o também Procon/SP cobrou explicações da Microsoft sobre as máquinas afetadas, a quantidade vendida do sistema operacional tanto em lojas físicas quanto em virtuais, além de medidas para reparar o ‘defeito’.

Também no mês passado, quando os casos surgiram, a companhia de informática recomendou aos usuários a removerem e/ou desinstalarem tal atualização por meio do ‘Modo de Recuperação do Sistema’. Com isso, um ponto de restauração deveria ser criado antes da data que foi feito o tal ‘download’.

“A Microsoft está investigando o comportamento no qual sistemas podem não se recuperar de uma reinicialização ou aplicativos não podem ser iniciados após a aplicação da atualização de segurança 2823324. Recomendamos que os clientes desinstalem esta atualização. Como precaução adicional, a Microsoft removeu os links de download para a atualização 2823324 enquanto a investigação está em andamento”, manifestou em nota.

A empresa também disponibilizou os telefones do serviço ao cliente. Para a Grande São Paulo: (11) 4706-0900; e para o restante do país: 0800-761-7454. O atendimento é feito de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h, e nos fins de semana e feriado, das 9h às 19h.

Reações:

2 comentários :

  1. risos risos risos POVO BRASILEIRO ACORDEM ISSO E JOGADA 50 MIL NÃO E NADA PARA ELES... O QUE ELES QUEREM VER E O WINDOWS 8 ENTRAR MAIS INTIMAMENTE EM NOSSO PAIS DO QUAL WINDOWS 8 E UMA PORCARIA ESTA ATUALIZAÇÃO E UM MEIO DISFARÇADAMENTE DE FAZER AS PESSOAS PASSAREM A NÃO MAIS USAR O WINDOWS 7 E MIGRAR PARA O WINDOWS 8 ABRAÇOS William de Araxá - MG

    ResponderExcluir
  2. QUERO E VOU PROCESSAR A MICRO$OFT(CAPETA-MONOPÓLIO) POR CANCELAR O LANÇAMENTO DO SP2 PARA WINDOWS 7!!!!!!!!!!!!! COMO PROCESSO!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir

Seu comentário será publicado, logo que aprovado, conforme Política de Uso do site.

O LEITURA SUBJETIVA agradece o seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Web Statistics