segunda-feira, 20 de maio de 2013

Para presidenta, boato sobre o fim do Bolsa Família é ‘desumano e criminoso’

No fim de semana, milhares de beneficiários abarrotaram agências da CEF e lotéricas, pensando que o Programa seria cancelado.

A presidenta Dilma Rousseff considerou ‘desumano e criminoso’ o boato sobre o fim do Programa Bolsa Família, enquanto participava da cerimônia de entrega do navio petroleiro Zumbi dos Palmares, em Ipojuca (CE). No último fim de semana, milhares de beneficiários lotaram agências da Caixa Econômica Federal (CEF) e lotéricas em várias regiões do país, para sacarem antecipado o benefício.

“Eu queria deixar claro o compromisso do meu governo com o Bolsa Família: é um compromisso forte, profundo e definitivo. Não abriremos mão do Bolsa Família (…) Não acreditem nos boatos, porque os boatos desse país às vezes ocorrem de forma surpreendente. O que aconteceu no Brasil sábado foi falso, negativo e levou intranquilidade às famílias que recebem o Bolsa Família (…) É algo absurdamente desumano o autor desse boato. Por isso, além de ser desumano, ele é criminoso, por isso nós colocamos a Polícia Federal para descobrir a origem do boato”, declarou.

A ministra de Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campelo, afirmou que o calendário de maio, de 17 a 31, para os contemplados, está mantido. Já o Ministério da Justiça já solicitou à Polícia Federal inquérito para apurar a origem do boato.

Em nota, a CEF informou que o boato “não procede” e que os pagamentos estão sendo realizados normalmente.

Sobre o Programa

O Bolsa Família foi instituído em 2004, durante o governo do então presidente Lula. Atualmente, atende mais de 13 milhões de famílias num universo de 36 milhões de pessoas que possam renda per capita inferior a R$ 70. Essa renda é calculada ao somar os salário de todos que trabalham e dividindo pelo número de moradores. Só que para ter o direito ao benefício é preciso ter crianças e adolescentes até os 17 anos.

O valor do benefício varia de acordo com o número de pessoas numa mesma casa. A cifra média é de R$ 151 em todo o país. No nordeste, por exemplo, apenas neste mês de maio, o valor médio é de R$ 156, enquanto no sul, de R$ 136, de acordo com o Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza (MDS).

Os usuários que tiverem dúvidas poderão entrar em contato com a CEF pelo telefone: 0800-726-0101, ou com o MDS, pelo 0800-707-2003.

Você é beneficiário(a) e acreditou nesse boato??? Como isso chegou até Você??? Conte pra gente!!! Envie um e-mail para leiturasubjetiva@gmail.com ou deixe o seu comentário.

Reações:

0 Leitor(es) opinou(aram) :

Postar um comentário

Seu comentário será publicado, logo que aprovado, conforme Política de Uso do site.

O LEITURA SUBJETIVA agradece o seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Web Statistics